10 de julho de 2020

Fotodepilação funciona? Entenda a eficácia do procedimento

fotodepilação funciona?

Os métodos de depilação definitiva estão se tornando cada vez mais populares nas clínicas de estética. Porém, ainda há quem duvide da eficácia desses procedimento. Afinal, o serviço de fotodepilação funciona mesmo? 

No texto a seguir vamos esclarecer as principais dúvidas que recebemos sobre este tipo de depilação, como por exemplo: 

  • Quantas sessões são necessárias para eliminar os pelos de forma definitiva? 
  • Quais são as contraindicações? 
  • Quais são as vantagens para a pele? 

Continue a leitura e tire todas as suas dúvidas sobre a fotodepilação! 

Afinal, a fotodepilação funciona? 

Sim, a fotodepilação funciona. Ela é um procedimento muito eficaz que vai promover a eliminação duradoura dos pelos. 

O primeiro ponto que precisamos deixar claro é que, não existe nenhum método que vai eliminar os pelos do corpo e rosto de forma definitiva. Mesmo com a fotodepilação, ainda será necessários realizar manutenções de tempos em tempos. 

Porém, o diferencial deste método é o fato de prolongar o efeito do procedimento. Ou seja, com o tempo, não será mais necessário realizar procedimentos com a mesma frequência do que acontece com os demais tipos de depilação

Quantas sessões são necessárias para eliminar os pelos? 

A fotodepilação funciona efetivamente quando se há uma regularidade nas sessões. Ou seja, é necessário ter frequência no tratamento para que seja possível alcançar os resultados esperados. 

Geralmente, são necessários entre 6 a 10 sessões para que os resultados sejam alcançados. Porém, este número pode sofrer variação de acordo com cada organismo. 

Por isso, é muito importante realizar o procedimento de depilação com profissionais especializados, que farão o acompanhamento dos resultados, e irão adaptá-lo conforme a resposta do seu organismo ao tratamento. 

Como a fotodepilação funciona? 

A fotodepilação funciona através da luz pulsada intensa (IPL). Durante o procedimento acontece a cauterização progressiva das células que produzem os pelos. Ou seja, a luz incide nas células germinativas do pelo e impedem que eles iniciem a fase de crescimento.

Apesar de ser necessário um número maior de sessão para que sejam alcançados resultados duradouros, a partir da primeira sessão já é possível perceber um afinamento dos pelos. 

Benefícios da fotodepilação para a pele 

De acordo com um levantamento realizado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, a tecnologia de Luz Intensa Pulsada utilizada na fotodepilação promove uma série de benefícios para a pele. 

São eles: 

  • Rejuvenescimento da pele: estimula a produção e reorganiza uniformemente as fibras colágenas e elásticas, sendo estas responsáveis pela firmeza e elasticidade da pele;
  • Redução dos microvasos, rubor e vermelhidão na pele;
  • Contribui para minimizar o aparecimento de rugas finas e grossas;
  • Melhora a textura e aspereza da pele;
  • Contribui para a redução do tamanho de poros;
  • Contribui para a redução do aparecimento de acnes e manchas na pele. 

Leia também: Fotodepilação doí?

Quais são as contraindicações da fotodepilação? 

Para que a fotodepilação funcione é preciso que haja contraste entre a cor dos pelos e a tonalidade da pele. Quanto maior for esse contraste, mais positivos serão os resultados do procedimento. 

Portanto, a fotodepilação em pele negra provavelmente não vai gerar os resultados esperados. Assim como também não será muito efetiva com pessoas que têm os pelos muito claros. 

Além disso, existem outras situações que a fotodepilação não é indicada. São elas: 

  • Pessoas com a pele bronzeada;
  • Gravidez e Lactante;
  • Usuários de medicamentos fotossensíveis;
  • Patologias auto-imunes;

Leia também: Diferença entre fotodepilação e depilação a laser

Fotodepilação no Pello Menos

O equipamento de fotodepilação do Pello Menos tem registro na ANVISA e é detentor de uma tecnologia de última geração com sistema integrado de refrigeração “Plus Cold”. Sua finalidade é direcionar o calor somente ao folículo piloso oferecendo uma sensação de conforto à pele.

A cliente que deseja realizar o procedimento de fotodepilação é orientada a preencher um questionário para conhecermos seus hábitos, sua rotina de cuidados com a pele e por fim determinar seu fototipo. 

Em seguida, reforçamos as informações importantes dos cuidados necessários pré e pós sessão entregando para a cliente uma relação de cuidados que deverão ser seguidos.

Após tirarmos todas as dúvidas da cliente, solicitamos que a mesma autorize o início das sessões da remoção do pelo, assinando um termo de autorização. E antes de darmos início a sessão, avaliamos a área a ser fotodepilada e submetemos a cliente a um teste de prova para apurarmos sua sensibilidade.