4 de setembro de 2019

Fotodepilação clareia a pele? Mito ou verdade?

fotodepilação clareia a pele

A Fotodepilação é um dos procedimentos mais utilizados atualmente para eliminação de pelos. Porém, por ser um tratamento ainda recente muitas pessoas têm dúvidas sobre o seu processo. Como, por exemplo: fotodepilação clareia a pele? 

O escurecimento de determinadas regiões do corpo como axilas e virilha podem ser muito incômodo para as mulheres, prejudicando inclusive a autoestima das mesmas. Afinal, quem não sonha com uma pele clara e lisinha, livre de receios de colocá-las à mostra?  

E a promessa de que a fotodepilação clareia a pele surge então como a realização dos sonhos delas. Mas será que isso é verdade? O procedimento realmente vai auxiliar no clareamento da pele? É o que você vai descobrir a seguir! 

 

O que é fotodepilação? 

É a depilação feita através de luz. Para realização do tratamento são utilizados equipamentos de Luz Intensa Pulsada (LIP).. Esse sistema de luz irá agir na raiz do pelo, destruindo o folículo e as estruturas que o alimentam. 

Logo, a fotodepilação é um procedimento de eliminação dos pelos de forma duradoura. Vale ressaltar que o tratamento não é definitivo, mas que oferece resultados prolongados. Como por exemplo, diminui-se a quantidade de pelos, sua espessura e tempo de crescimento. 

Afinal, fotodepilação clareia a pele? 

Em primeiro lugar é importante ressaltar que o tratamento para clareamento de manchas na pele deve ser recomendado apenas por um médico especialista, ou seja, um dermatologista. 

Este irá recomendar os medicamentos indicados para combater as manchas da forma correta e segura.

Entretanto, alguns procedimentos podem auxiliar nesse tratamento. E a resposta é sim, fotodepilação clareia a pele. Porém, ela não fará milagres, mas vai contribuir de forma indireta para o clareamento da região tratada. 

A fotodepilação clareia a pele pois a luz pulsada vai gerar um estímulo maior para que aconteça a renovação celular da área, deixando-a mais lisa e uniforme. Logo, a maior concentração de melanina no local pode atenuar o escurecimento da região. 

Dúvidas comuns sobre a fotodepilação 

Ainda há muitas dúvidas a respeito do procedimento de fotodepilação. Agora que você já sabe que a fotodepilação clareia a pele sim, vamos responder a outros questionamentos comuns sobre o tema, como por exemplo: 

  • O procedimento é doloroso? 
  • Quantas sessões são necessárias para começar a ver resultado? 
  • Qual a diferença de fotodepilação para depilação a laser? 

Esclarecemos todas essas perguntas a seguir. Confira! 

A fotodepilação dói? 

Não é um tratamento doloroso, mas isso é muito relativo e vai depender de pessoa para pessoa. Entretanto, na maioria dos casos, o equipamento utilizado na fotodepilação conta com um sistema de resfriamento sub-zero, que oferece um maior conforto para a pessoa durante o procedimento. 

Quantas sessões são necessárias para começar a ver resultado? 

 O resultado da sessão irá depender de uma série de variáveis, como por exemplo: 

  • A quantidade de pelos de cada pessoa
  • Idade
  • Cor da pele
  • Questões hormonais
  • Regularidade no tratamento

Os resultados da fotodepilação já são perceptíveis a partir da primeira sessão, com a diminuição na quantidade de pelos e retardamento do seu crescimento. 

Entretanto, não é possível afirmar a quantidade de sessões que serão necessárias para o resultado final. O mais comum é que o pelo pare de crescer com cerca de 10 sessões, após isso ele vai demorar um tempo ainda maior para crescer. 

Ainda assim é preciso voltar para fazer a manutenção, que deve ser após 6 meses ou um ano. 

Por isso, é importante que durante o tratamento mensal seja reportado a sua reação individual a luz pulsada ao profissional responsável. Dessa forma, este profissional irá orientá-lo quanto a continuidade das sessões. 

Diferença entre fotodepilação e depilação a laser

A principal diferença entre ambos procedimentos está no comprimento das ondas. Enquanto o laser possui apenas um comprimento de onda, a luz pulsada tem um comprimento de onda luminoso específico para reduzir o pelo de forma gradual. 

Ou seja, uma vez que o equipamento permite que seja utilizado vários comprimentos de onda, é possível personalizar o tratamento de acordo com as características de cada pessoa. 

A fotodepilação é um procedimento menos agressivo que o laser e, por isso, pode ser usada em peles morenas e negras, assim como em qualquer coloração de pelos. 

Fotodepilação no Pello Menos

Além de oferecer um serviço diferenciado de depilação a cera, que conta com um produto exclusivo, o Pello Menos também conta com a opção de fotodepilação para eliminação dos pelos. 

Nossas unidades realizam o procedimento em mais de 10 áreas diferentes do corpo. Clique aqui e conheça todas as opções disponíveis.